Por Maria Inês Campos

Abrir portas…

– — A principal meta do coach é abrir portas para o seu cliente.

Portas dentro do seu inconsciente, consciente ou até mesmo do subconsciente.

Um coach acredita piamente que TODO indivíduo traz na sua mala de vida os recursos necessários para a resolução de qualquer problema de percurso, é aí que reside o fundamento do coaching. Eu acredito nisso, não por que disseram, mas por experiências vividas tanto no auto conhecimento quanto na observação e aplicação dessas técnicas no atendimento a outras pessoas.

O coaching aplicado abre as portas do cérebro, o obstáculo é que em alguns casos preciso ARROMBAR portas……

Por vezes o meu trabalho mais parece diversão, me pego elaborando estratégias, formulando perguntas que tenham o “efeito sacarrolha”,. Morro de rir de mim mesma, avaliando que reação vou provocar no meu cliente, o quanto vai ficar engraçado o seu olhar diante da suposta obviedade da pergunta a ser feita ou ainda que expressão terá diante da proposta de exercícios aparentemente desconexos. Preciso ser audaciosa!!!!! Um pouco louca aos olhos dos outros, crente e determinada segundo a minha percepção.
“Eu não consigo!” – parece que todos os coachee combinaram isso. Dizem essa frase antes mesmo de pensar a respeito.
Eu não consigo imaginar.
Eu não consigo me lembrar.
Eu não consigo sentir.
Eu não acredito que possa mudar (essa é a mais grave de todas)
Escuto essas afirmações, respiro volto pra dentro de mim, num mergulho maluco e…… abro os olhos fixando o cliente e disfarçando um sorriso maroto que teima em aparecer em hora errada, volto a propor questões, insisto nos porquês para que a pessoa perceba a sua própria incongruência.

Normalmente, quando em conflito ou inseguros, dizemos que queremos algo, e a nossa essência diz que não é verdade. Por exemplo:

– Quero ser feliz.
– Ótimo! Como?
– Tendo um carro.
– Pra que?
– Pra ser feliz, claro!!
– Hã hã… Você quer um carro?
– Quero.
– Como se sentirá quando tiver o carro?
– Não sei…
Nesse momento insisto na pergunta até que o meu cliente construa uma expressão próxima do contentamento de possuir um carro. Retomo às perguntas.
– O que você pode fazer para ter esse carro?
– Ah!! … não tem jeito, eu não sei, acho que não consigo!
É nesse momento que de “abridora de portas” passo a ser uma “arrombadora de portas”. E o pior é que por mais truculenta que eu possa parecer aos seus olhos de leitor, creia-me eu sou um “doce”, terna e afetuosa, mas o que eu posso fazer se estou de uma tremenda inverdade???? O que esse cliente quer NÃO é um carro. Ele quer auto-estima, ele precisa de valores e crenças que façam sentido para ele. Na verdade nem ele, dentro da sua consciência, acredita que um carro o fará feliz. Exemplo simplista diria você talvez, mas examine com atenção e transfira esse diálogo para o que você achar relevante. Muito provavelmente se surpreenderá com o resultado. Certamente estará se perguntando:- Bom, e daí? Como é arrombar portas, nessa estória????

E eu sorrindo, escondidinha atras da tela do computador, lhe respondo:

          – Tem um jeito muito legal, mas deixa pra outra hora que eu lhe conto, tá???                      

Agora preciso finalizar esse artigo. rsrsrsrs….

Anúncios

Comentários em: "Abrir portas…" (6)

  1. Sônia Coró disse:

    Maria Ines mto bom, mas quero o final rs. bjs

    Curtir

  2. Maria Fernanda Dotto disse:

    ahhhh contaaa vai…muito bom, aliás o site inteirinho!! bjos

    Curtir

  3. Maricotaaaa!!!
    Amei!!!
    Gostei da maneira divertida que voce escreve…fica gostoso , e fácil de registrar.
    Quanto ao conteúdo é tudo de bom.
    Eu tambem quero saber o finalmente dessa história..hehe
    Bjus
    $uce$$o!!!
    Paulinha

    Curtir

  4. Marcia Arruda disse:

    Adorei!!!!
    Preciso saber o final para abrir as minhas portas…..ou irei até Brotas para que um bom coach as arrombe

    Curtir

    • No seu caso sei que tem recursos internos para abrir a porta que quiser, mas seria muito bom vc aparecer aqui pra gente arrombar só por farra. Adoro vc!!!!! mil bjs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: